INTRODUÇÃO

Este portal é uma iniciativa do Museu Nacional de História Natural e da Ciência / Museus da Universidade de Lisboa (MUHNAC-MUL).

Ele reúne e divulga o vasto espólio de manuscritos, desenhos e esboços de Francisco de Arruda Furtado que se encontra no Museu. Reúne ainda literatura relevante e informação complementar permitindo olhares cruzados e leituras mais completas da vida e obra de Francisco de Arruda Furtado.

O naturalista autodidata açoriano Francisco de Arruda Furtado (1854-1887) adotou e divulgou a teoria da evolução por seleção natural e tornou-se o único correspondente português de Charles Darwin (1809-1882), com quem trocou correspondência, como parte de uma vasta rede internacional de correspondentes.

No campo da antropologia, adotou um quadro conceptual largamente informado pelo evolucionismo darwiniano.

A partir de 1885, trabalhou em conquiologia e malacologia na Secção Zoológica do Museu de Lisboa, sob orientação de José Vicente Barbosa du Bocage (1823-1907).

O portal foi desenvolvido no âmbito do projeto ‘Ilhas Afortunadas’, com o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian.

Retrato estilizado de Francisco de Arruda Furtado.

Francisco de Arruda Furtado (1854-1887)

INTRODUÇÃO