Cronologia

 

Biografia Arruda Furtado

Contexto naturalista Açores

Contexto geral nacional e internacional

1854

17 setembro - Francisco de Arruda Furtado nasce em Ponta Delgada, ilha de S. Miguel, Açores

 

Herculano publica o 1.º vol. da História da Origem e Estabelecimento da Inquisição em Portugal

Castilho publica A Felicidade pela Instrução

Criação em Lisboa do Observatório Meteorológico que viria a tomar o nome de D. Luiz

Morte de Almeida Garrett

Charles Dickens publica Hard Times (Tempos Difíceis)

Guerra da Crimeia

1855

 

Maio - Charles Darwin (1809-1882) escreve ao cônsul britânico na ilha de S. Miguel solicitando informações sobre aves migratórias, objetos naturais dados às costas da ilha e sobre a espécie local de morcegos

2 junho - Thomas Carew Hunt, já ausente da ilha, responde a Darwin, dando-lhe as informações solicitadas e prometendo o envio, pelo seu sucessor, de um exemplar de morcegos da ilha

Aclamação e início do reinado de D. Pedro v

Exposição Industrial do Porto

Exposição Universal de Paris

Gustave Courbet expõe O Atelier do Artista

W. Whitman publica Leaves of Grass (Folhas de Erva)

1856

   

Inauguração em Portugal do primeiro troço de caminhos-de-ferro e do telégrafo elétrico

Epidemia de cólera

Início da publicação do Portugaliæ Monumenta Historica sob direção de Alexandre Herculano

Gustave Flaubert publica Madame Bovary

Descoberto o primeiro crânio Neandertal (Feldhofen)

Pringsheim observa ao microscópio a fecundação do óvulo

1857

 

25 abril - Chegam a S. Miguel os naturalistas franceses Arthur Morelet e Henri Drouët. Recebidos por José do Canto

O naturalista geólogo prussiano Georg Hartung (1821-1891) visita as nove ilhas dos Açores e cruza-se com Morelet e Drouët

Criação do Observatório Astronómico de Lisboa

Epidemia de febre-amarela

Lisboa integra a primeira rede telegráfica de cooperação meteorológica com centro no Observatório de Paris

Garibaldi funda a Associação Nacional Italiana para a unificação de Itália

Revolta dos Sipaios na Índia

Charles Baudelaire publica Les Fleurs du Mal (As Flores do Mal)

Pasteur mostra que a fermentação do leite se deve a organismo vivo

Inauguração do Science Museum e da National Portrait Gallery, em Londres

1858

 

Henri Drouët publica

Mollusques marins des Açores.

Casamento de D. Pedro v com D. Estefânia de Hohenzollern Sigmaringen e morte desta, vítima de difteria

J. V. Barbosa du Bocage inicia organização da secção zoológica do Museu de Lisboa

Em Paris, Nadar faz, em balão, as primeiras fotografias aéreas

Joule cria o termo Termodinâmica

1859

   

Criação do Curso Superior de Letras, em Lisboa

Criação da Direcção-Geral da Instrução Pública

Teófilo Braga publica em Ponta Delgada Folhas Verdes

Início das obras de abertura do canal do Suez

Charles Darwin publica A Origem das Espécies

Karl Marx publica Crítica da Economia Política

Richard Wagner apresenta a ópera Tristão e Isolda

1860

 

Arthur Morelet publica, em Paris

Îles Açores. Notice sur l’histoire naturelle des Açores suivi d’une description des mollusques terrestres de cet Archipel.

George Hartung publica, em Leipzig

Die Azoren in ihrer äusseren Erscheinung und nach ihrer geognostischen Natur.

Fundação da Associação Industrial Portuguesa e da Associação Central de Agricultura

Início do levantamento da Carta Geographica de Portugal, escala 1:500 000, sob a direção de Filipe Folque

Início da construção do Metropolitano de Londres

Congresso de Karlsruhe para reforma dos pesos atómicos

1861

 

Henri Drouët publica em Paris

Éléments de la faune açoréenne

Morte de D. Pedro v e subida ao trono de D. Luís

Camilo Castelo Branco publica Memórias do Cárcere

Exposição Industrial do Porto

Início da Guerra de Secessão, Estados Unidos da América

Pasteur desenvolve a teoria microbiana

Solvay descobre um novo processo de fabricar soda

Bunsen realiza a primeira análise espectral da atmosfera solar

Início da construção da Ópera de Paris

1862

   

Casamento de D. Luís com D. Maria Pia de Saboia

Morre Passos Manuel

Camilo Castelo Branco publica Amor de Perdição

Victor Hugo publica Les Misérables (Os Miseráveis)

Sachs demonstra a produção de amido durante a fotossíntese

Maxwell atesta a natureza eletromagnética da luz

Sarah Bernhardt estreia-se na Comédie Française

1863

   

Conclusão da linha férrea até Évora e fronteira do Caia

Abolição definitiva dos morgadios

Em Lisboa, Antero de Quental lê as Odes Modernas a A. Herculano

Charles Lyell publica Geological Evidences of the Antiquity of Man (Indícios Geológicos da Antiguidade do Homem)

Huxley publica Evidence as to Man’s Place in Nature (Indícios do Lugar do Homem na Natureza)

Jules Verne publica Cinco Semanas em Balão

Renan publica Vie de Jésus

Manet pinta Le Dejeuner sur l’Herbe

1864

 

Começa a funcionar o Posto meteorológico de Angra do Heroísmo, na ilha Terceira, sob a direção do médico e naturalista José Augusto Nogueira Sampaio

Funcionamento de linha férrea do norte até Vila Nova de Gaia e do sul até Beja

Fundação do Banco Nacional Ultramarino

Início da publicação do jornal Diário de Notícias

Primeiro recenseamento oficial da população portuguesa: 3 829 618 de habitantes

Teófilo Braga publica Visão dos Tempos e Tempestades Sonoras

Fundação da Associação Internacional dos Trabalhadores

Fundação da Cruz Vermelha Internacional

Encíclica Quanta Cura e Syllabus do Papa Pio ix

Pasteur inventa o processo de pasteurização (vinho)

Início da exploração das catacumbas de Roma

Jules Verne publica Voyage au Centre de la Terre (Viagem ao Centro da Terra)

1865

 

Na torre da Igreja do Convento da Graça, em Ponta Delgada, entra em funcionamento o posto meteorológico, sob a direção de Eugénio do Canto

21 março - Chega a Ponta Delgada o ornitologista inglês Frederick Du Cane Godman (1834-1919), que ao longo de 4 meses visita 8 das 9 ilhas dos Açores. Antes de viajar para os Açores pede orientações a Charles Darwin

Abolição da escravatura nos Estados Unidos e assassínio de Lincoln

Publicação da Carta Geographica de Portugal, levantada sob a direção de Filipe Folque, na escala 1:500 000.

Inauguração em Lisboa da Estação de Santa Apolónia

Abertura da Exposição Internacional no Palácio de Cristal, Porto

Início da Questão Coimbrã

Antero de Quental publica Odes Modernas

Kekulé estabelece a estrutura do benzeno

Mendel formula as leis genéticas da hereditariedade

Claude Bernard publica Introdução ao Estudo da Medicina Experimental

Leon Tolstoi publica Guerra e Paz

Lewis Carroll publica Alice's Adventures in Wonderland (Alice no País das Maravilhas)

Jules Verne publica Da Terra à Lua

1866

Arruda Furtado inicia estudos no Liceu Nacional de Ponta Delgada, no ano lectivo 1866/67.

A história natural não integra ainda o programa de estudos do liceu, mas começa por esta altura (12 anos) a interessar-se pela observação e estudo da natureza

Edmond Goëze, jardineiro chefe do jardim Botânico da Universidade de Coimbra desloca-se à ilha de S. Miguel, onde recebe a oferta de mil pés de plantio de exóticas dos jardins de José e Ernesto do Canto, António Borges e Jácome Correia

Edmond Goëze publica “A ilha de S. Miguel e o jardim Botânico de Coimbra” no periódico O Instituto

Camilo Castelo Branco publica A Queda d’um Anjo

Júlio Diniz publica em folhetim As Pupilas do Senhor Reitor

Antero de Quental parte para Paris onde trabalha como tipógrafo e trava conhecimento com Michelet

Eça de Queirós conclui o curso de Direito e inicia colaboração com a Gazeta de Portugal

Começa a funcionar o cabo telegráfico transatlântico

Alfred Nobel inventa a dinamite

Larousse publica o Grand Dictionnaire Universel du xixe Siècle (Grande Dicionário Universal do Século xix)

Dostoïevski publica Crime e Castigo

1867

 

1 junho - Erupção submarina da Serreta, ao largo da ilha Terceira. Ferdinand Fouqué é enviado pela Academia das Ciências de Paris para fazer observações e recolha de amostras

Vindos de Paris, Janssen e Charles Sainte-Claire Deville estudam os fenómenos vulcânicos nos Açores, ao largo da ilha Terceira e no vale das Furnas, na ilha de S. Miguel

Abolida a pena de morte em Portugal

Entra em vigor o novo Código Civil Português com legislação sobre o casamento civil

Revolta da Janeirinha no Porto contra o imposto de consumo

Nery Delgado e Carlos Ribeiro apresentam, na Exposição de Paris, o Esboço de uma carta geologica de Portugal levantada sobre a carta geographica do Reino, na escala 1:500 000, que é premiada com uma medalha de prata

Garibaldi inicia a marcha sobre Roma

Imperador Maximiliano do México é executado depois da perda do apoio do Imperador Napoleão iii de França

Marx publica o 1º volume de Das Kapital (O Capital)

Lister anuncia a prática da cirurgia anti-séptica

Clausius cria o termo entropia e apresenta a formulação matemática do conceito

Michaux inicia o fabrico de bicicletas

Tellier inventa o frigorífico

Shole inventa a máquina de escrever

Manet pinta L’Exécution de Maximilien (A Execução do Imperador Maximiliano)

Ibsen apresenta Peer Gynt

Zola publica Thérèse Raquin (Teresa Raquin)

1868

   

Queda do Ministério de Aguiar-Fontes e regresso ao governo do futuro Duque de Ávila

Júlio Diniz publica A Morgadinha dos Canaviais e Uma Família Inglesa

Revolução em Espanha: general Prim destitui a rainha Isabel ii e governa provisoriamente

Alphonse Daudet publica Le Petit Chose (O Pequeno Coiso)

Haeckel publica Natürliche Schöpfungsgeschichte (A História da Criação)

Degas pinta L’Orchestre de l’Opéra (A Orquestra da Ópera)

Wagner estreia Die Meistersinger von Nümberg (Os Mestres Cantores de Nuremberga)

Brahms apresenta Um Requiem Alemão

1869

   

Abolição definitiva da escravatura em todo o território português

Viagem de Eça de Queirós ao Médio Oriente onde assiste à abertura do canal do Suez

Fundação do Grande Oriente Lusitano

Camilo Castelo Branco publica Os Brilhantes do Brasileiro

No Estado do Wyoming, EUA, as mulheres conquistam o direito de voto

Abertura do primeiro caminho-de-ferro transcontinental nos EUA

Convocação do Concílio Vaticano i

Zénobe Gramme inventa o dínamo elétrico de potência industrial

Irmãos Hyatt inventam o celulóide

Mendeleev cria a tabela periódica dos elementos químicos

Flaubert publica L’Éducation Sentimentale (Educação Sentimental)

1870

Francisco de Arruda Furtado termina a formação liceal no ano lectivo 1869/70

Carlos Maria Gomes Machado (1828-1901) regressa à ilha de S. Miguel, depois de vários anos a estudar e a trabalhar em Coimbra, onde manteve prática de botânica e foi assistente do diretor do Jardim Botânico

Frederick du Cane Godman publica em Londres Natural history of Azores , que se torna obra de referência

Cabo submarino liga Portugal e Inglaterra

Teófilo Braga publica História da Literatura Portuguesa

Ramalho Ortigão e Eça de Queirós publicam O Mistério da Estrada de Sintra

Guerra Franco-Prussiana: derrota francesa em Sedan, destituição de Napoleão iii e instauração da Terceira República

Roma é ocupada pelos italianos e torna-se a capital de Itália

Declaração da infalibilidade do Papa

H. Taine publica De l’Intelligence (Da Inteligência)

Adolf von Bayer sintetiza a anilina

Siemens constrói o gerador elétrico

Rockefeller funda a Standard Oil

1871

Entre o final da formação liceal e 1876, em ano que se desconhece, Arruda Furtado inicia percurso profissional como amanuense da Repartição da Fazenda distrital de Ponta Delgada

 

Fundação da Empresa Insulana de Navegação

António Maria Fontes Pereira de Melo ascende ao cargo de 1º Ministro, pela primeira vez (1871-1877; 1878-1879; 1881-1886)

Início das Conferências do Casino e sua proibição

Ramalho Ortigão e Eça de Queirós começam a publicar As Farpas

Criação em Lisboa de um núcleo da Primeira Internacional

Fundação do Império alemão e armistício franco-prussiano

Insurreição da Comuna de Paris

Primeira residência para estudantes do sexo feminino, em Cambridge

Stanley encontra Livingstone, em Ujiji

Darwin publica The Descent of Man and Selection in Relation to Sex (A Origem do Homem)

Verdi estreia Aida

Lewis Carrol publica Through the Looking-Glass (Alice do Outro Lado do Espelho)

Zola publica La Fortune des Rougon (A Fortuna dos Rougon)

1872

   

José Júlio Bettencourt Rodrigues realiza as primeiras experiências de fotolitografia e cria a Secção Photographica e Artistica da Direcção Geral dos Trabalhos Geodesicos

Fim da campanha militar nos Dembos (Angola)

Primeira movimentação grevista em Lisboa

Publicação do jornal O Pensamento Social com redação de Antero, José Fontana e Oliveira Martins

Oliveira Martins publica Teoria do Socialismo

Soares dos Reis apresenta O Desterrado

Teófilo Braga ganha o lugar de professor de Literatura Moderna do Curso Superior de Letras

A proclamação de Carlos VII como rei de Espanha leva à guerra civil

Bakunine é expulso da Primeira Internacional

Thompson inventa o Sonar

A expedição Challenger inicia o primeiro grande levantamento oceanográfico mundial

Jules Verne publica A Volta ao Mundo em Oitenta Dias

Strindberg estreia Mäster Olof (Mestre Olof)

Primeiro jogo de futebol entre a Inglaterra e a Escócia

1873

 

Julho - A expedição Challenger chega aos Açores. Depois de dragagens ao largo do grupo ocidental, faz escala na ilha do Faial e depois ruma a S. Miguel, onde se demora uma semana; nas Furnas, os cientistas observam e fotografam os fenómenos vulcânicos activos

Carlos Machado começa a dar aulas no Liceu de Ponta Delgada

Fundação do Centro Republicano

Oliveira Martins publica Portugal e o Socialismo

Cesário Verde publica primeiros poemas no Diário de Notícias

Em Espanha é proclamada a República

Crash bolsista em Viena – Crise económica na Europa e nos EUA

Charcot publica Leçons sur les maladies su système nerveux (Lições sobre as Doenças do Sistema Nervoso)

Wundt publica Elementos de Psicologia Patológica

Maxwell formula teoria sobre a eletricidade e o magnetismo

Corot pinta Souvenir d’Italie (Recordação de Itália)

Tolstoi publica Ana Karenina

Rimbaud publica Une Saison en Enfer (Uma Época no Inferno)

Rimsky-Korsakov estreia Ivan, O Terrível

1874

   

Camilo Castelo Branco publica O Regicida

Eça de Queirós publica Singularidades de uma Rapariga Loira, primeira narrativa realista em Portugal

Restauração monárquica em Espanha e proclamação de Afonso xii

Disraeli forma governo, na Grã-Bretanha

Gladstone ataca a infalibilidade do Papa

Boutroux publica Da Contingência das Leis da Natureza

Haeckel publica Anthropogenie (Antropogenia)

Victor Hugo publica Quatrevingt-treize (Noventa e três)

Primeira exposição impressionista, em Paris

Mussorgsky estreia Boris Godunov

1875

   

I Exposição Nacional de Photographia, organizada por José Júlio Bettencourt Rodrigues, na Academia das Ciências

Fundação do Partido Operário Socialista português

Fundação da Sociedade de Geografia de Lisboa

Portugal participa, em Paris, na Convenção do Metro

Início da construção da ponte de Eiffel sobre o rio Douro

Rafael Bordalo Pinheiro cria o Zé Povinho (Lanterna Mágica)

Oliveira Martins funda a Revista Occidental

António Enes publica a peça anticlerical Os Lazaristas

Eça de Queirós publica O Crime do Padre Amaro

Portugal vê reconhecidos os direitos sobre Lourenço Marques (Moçambique)

Início do ensino médico para mulheres, em Londres

Stanley traça o curso do Rio Congo até ao Atlântico

Bizet estreia Carmen

Zola publica La Faute de l'Abbé Mouret (O Crime do Padre Mouret)

Mark Twain publica Tom Sawyer

1876

Arruda Furtado começa a trabalhar como escriturário na Casa de José do Canto

Inicia a colaboração com Carlos Machado nos trabalhos de constituição de um museu de história natural no Liceu de Ponta Delgada

 

A 19 de abril é imposto por lei o sistema métrico decimal, em Portugal

Constitui-se, em Lisboa, o Directório Republicano Democrático

Formação do Partido Progressista

João de Deus publica A Cartilha Maternal

Columbano pinta Últimos Momentos de Camões

Renoir pinta Nu au Soleil (Nu ao Sol)

Gauguin expõe paisagens no Salon, em Paris

Inauguração da Festspielhaus, em Bayreuth, com a representação completa de Der Ring des Nibelungen (O Anel dos Nibelungos), de Wagner

Bell inventa o telefone

1877

   

A Sociedade de Geografia promove a expedição de Serpa Pinto, Hermenegildo Capelo e Roberto Ivens à região dos rios Cunene, Cubango, Cuanza e Cuango

Lei do Recenseamento Geral da População

Conclusão da Ponte D. Maria Pia (Eiffel), no Porto

Rússia declara guerra à Turquia

Anexação do Transvaal pela Inglaterra

Lei de protecção de patentes na Alemanha

Ensino obrigatório, em Itália, até aos nove anos

Koch demonstra as técnicas de fixar e cultivar bactérias

Monier inventa as vigas de betão armado

Edison inventa o fonógrafo

Saint- Saëns estreia Samson et Dalila (Sansão e Dalila)

Zola publica L'Assommoir (A Taberna)

Primeiro campeonato de ténis, em Wimbledon, Londres

1878

   

Eleito pelo Porto, Rodrigues de Freitas é o primeiro deputado republicano à Câmara de Deputados

Governo de Fontes Pereira de Melo

Censo da população portuguesa: 4 milhões de habitantes

Inicia-se a publicação da revista O Positivismo (1878-1882), dirigida por Teófilo Braga e Júlio de Matos

Eça de Queirós publica O Primo Basílio

Primeiras experiências de iluminação elétrica em Lisboa

Inaugurada, em Londres, a iluminação elétrica de uma rua

Primeira reunião do Congresso Internacional de Geologia

Criação da União Postal Universal

Engels publica Anti-Dühring

Hughes inventa o microfone

Manet expõe Le Chemin de Fer – Gare de Saint Lazare (O Caminho de Ferro- Gare de Saint Lazare)

Tchaikovsky compõe O Lago dos Cisnes

1879

   

Início da construção da Avenida da Liberdade, em Lisboa, por iniciativa de Rosa Araújo

Congresso socialista português

Inicia-se a publicação do jornal A Voz do Operário, em Lisboa

Inicia-se a publicação do jornal O Operário, no Porto

Oliveira Martins publica História de Portugal

Camilo Castelo Branco publica Eusébio Macário

Criação da República do Transvaal

Guerra no Afeganistão

A Alsácia e a Lorena são declaradas parte da Alemanha

Edison inventa a lâmpada elétrica de filamento

Siemens apresenta o comboio elétrico, em Berlim

Primeira conversa telefónica, em Londres

Carne congelada australiana é vendida, em Londres

Tchaikovsky estreia a ópera Eugene Onegin

Strindberg estreia a peça Röda rummet (O Quarto Vermelho)

Ibsen apresenta Et Dukkehjem (Casa de Bonecas)

1880

 

10 junho - Abertura ao público do Museu Açoreano no Liceu de Ponta Delgada, no âmbito das comemorações do tricentenário de Camões

Realização, em Lisboa, da ix Sessão do Congresso Internacional de Antropologia e Arqueologia Pré-históricas

Criação do Museu Etnológico, dirigido por Leite de Vasconcelos

Inauguração do Ateneu Comercial de Lisboa

Criada a Empresa Nacional de Navegação

Comemoração do Tricentenário da morte de Camões

Oliveira Martins publica O Brasil e as Colónias Portuguesas e Elementos de Antropologia

Cesário Verde publica O Sentimento de um Ocidental

Os Bóeres declaram a independência do Transvaal e início da primeira guerra Anglo-boer

Primeira escola de ensino secundário para raparigas na Grã-Bretanha

Eletrificação das ruas de Nova Iorque

Laveran descobre o parasita da malária

Rodin cria Le Penseur

Zola publica Nana e Le Roman Expérimental (O Romance Experimental)

Dostoievski publica Os Irmãos Karamazov

1880

15 junho - Primeira carta conhecida da Correspondência Científica de Arruda Furtado. Destinatário: o aracnologista francês Eugène Simon (1848-1924)

Publicação de artigo com informação autobiográfica: “Variedades – Ciência e Natureza”, na revista Era Nova, editada em Lisboa por seu irmão António e ligada a intelectuais republicanos dirigidos por Teófilo Braga

Publicação do primeiro artigo científico, num periódico não especializado: “Indagações sobre a complicação das maxilas de alguns hélices naturalizados nos Açores com respeito às das mesmas espécies observadas por Moquin-Tandon em França”, na revista Era Nova

Setembro - O químico britânico Thomas Edward Thorpe vai aos Açores confirmar as medições magnéticas da expedição Challenger e, no museu de Ponta Delgada, conhece Arruda Furtado e toma contacto com o seu trabalho sobre a Viquesnelia atlantica

24 setembro - Thorpe escreve a Arruda Furtado sobre a possibilidade de publicação num periódico científico inglês

4 dezembro - Carta de E. Simon anunciando a devolução dos exemplares de aracnídeos dos Açores com a respetiva identificação e dedicando a Arruda Furtado uma espécie nova: Pardosa furtadoi, sp. nov.

   

1881

12 janeiro - Primeira carta do biólogo inglês Louis Compton Miall (1842-1921), comunicando que a memória sobre a Viquesnelia atlantica será publicada no periódico Annals of Natural History

Março - Primeira publicação de Arruda Furtado num periódico científico: “On Viquesnelia atlantica, Morelet & Drouët”, em Annals and Magazine of Natural History, Londres, com o patrocínio e tradução do biólogo Louis Compton Miall

Abril - Primeira publicação de divulgação do evolucionismo por seleção natural, em Ponta Delgada, reagindo às críticas do clero local ao darwinismo, proferidas nos sermões da Páscoa:

O Homem e o Macaco (Uma questão puramente local), edição do autor

13 junho - Escreve pela primeira vez a Charles Darwin, apresentando os seus objetivos científicos, os resultados já obtidos e os contactos internacionais que mantém; enquanto discípulo e admirador, Arruda Furtado põe-se à disposição de Darwin para qualquer colaboração

3 julho - Darwin responde a Arruda Furtado: agradece a carta enviada, comenta observações sobre a Vitrina e sugere um plano de trabalho com sete pontos

Publica “Pequenas contribuições para o estudo da origem das espécies malacológicas terrestres das ilhas dos Açores. Sobre alguns exemplares do Helix aspersa, Müll. recolhidos em paragens elevadas e áridas da ilha de S. Miguel” na revista Era Nova

Publica “A propósito da distribuição dos moluscos terrestres nos Açores” na revista Era Nova

 

Oliveira Martins publica Portugal Contemporâneo

Columbano pinta A Luva Cinzenta

Eça de Queiroz publica O Mandarim

Início da publicação de O Século

Entrada em Portugal das Irmãs de S. José de Cluny

Pasteur prepara e experimenta a vacina contra o carbúnculo

A Grã-Bretanha assina a paz com os Bóeres e reconhece a independência do Transval

A França institui a liberdade de imprensa

Abolidos os açoites no exército inglês

Maupassant publica La Maison Tellier (A Casa Tellier)

Estreia da ópera de Offenbach, Les Contes D’Hoffmann (O Contos de Hoffmann)

1882

7 maio - No Liceu de Ponta Delgada, inauguração da Exposição de Artes, Ciências e Letras Micaelenses, promovida por um grupo de cidadãos, do qual faz parte Arruda Furtado.

No seu expositor pessoal, Furtado apresenta publicações e desenhos de caráter científico, mas também desenho e pintura de expressão artística. Acolhe os trabalhos artesanais das camponesas da Bretanha, Arrifes, Ribeirinha e Ribeira Grande

Publicação do artigo “Viquesnelia atlantica, Morelet et Drouet” em Lisboa, no Jornal de Sciencias Mathematicas, Physicas e Naturaes

Publicação de “On a case of complete abortion of the reproductive organs of Vitrina ” em Annals and Magazine of Natural History, Londres, patrocinado e traduzido por Louis Compton Miall

28 maio - Escreve a Gustavo Le Bon apresentando os seus objetivos de trabalho antropológico e solicitando orientação e conselho bibliográfico

 

Inauguração do serviço telefónico em Lisboa

Abertura da Estação do Rossio, em Lisboa

Fundação do Partido Republicano

Henrique Pousão expõe Casas Brancas de Capri

Exposição de Arte Ornamental no Palácio das Janelas Verdes

Camilo Castelo Branco publica A Brasileira de Prazins

Nova expedição de Capelo e Ivens pelo Chela, a Huíla, sertão de Caponda, até Quelimane

Intervenção inglesa no Egipto

Em Inglaterra, as mulheres casadas adquirem o direito à propriedade de bens, independentemente dos maridos

Descoberta do bacilo de Koch

Wagner estreia Parsifal

1883

A expedição francesa Talisman faz escala nos Açores. Carlos Machado e Arruda Furtado recebem o diretor Milne-Edwards, e outros zoólogos em visita ao museu de Ponta Delgada.

Entre os expedicionários encontram-se Edmond Perrier, com quem Arruda Furtado já trocara correspondência e espécimes, e Paul-Henry Fisher, que irá, mais tarde, acolher trabalhos seus no Journal de Conchyliologie

 

Teófilo Braga publica Contos Tradicionais do Povo Português

Henrique Pousão pinta Paisagem (Anacapri)

Wilhelm Storck publica a primeira tradução alemã de Os Lusíadas (Der Lusiaden)

Bismark cria, na Alemanha, o seguro de doença

Nietzsche publica Also sprach Zarathustra (Assim falou Zaratustra)

Stevenson publica Treasure Island (A Ilha do Tesouro)

Koch cria a vacina do carbúnculo

Klebs identifica o bacilo da difteria

Primeiro transporte de energia elétrica à escala industrial

Daimler desenvolve o motor a gasolina

Primeiro arranha-céus, em Chicago

Primeira viagem do Expresso do Oriente

1884

Publicação de Materiais para o estudo antropológico dos povos açorianos. Observações sobre o povo micaelense

Problemas no museu devido a conflito entre a direção do Liceu e Carlos Machado. Embora não haja notícia do envolvimento de Arruda Furtado, deduzem-se dificuldades, uma vez que este não tem qualquer vínculo institucional ao Liceu.

Outubro - Conflito e despedimento da Casa de José do Canto.

Publica o opúsculo A minha saída da casa do sr. José do Canto, no qual explica as circunstâncias do conflito e defende a sua honra pessoal

Dezembro - Arruda Furtado deixa a ilha de S. Miguel em direção a Lisboa, com escala na ilha da Madeira (Funchal)

 

Início da travessia de Moçâmedes a Quelimane por Capelo e Ivens

Inauguração do Museu Nacional de Belas-Artes

Início da publicação da revista A Illustração Portugueza

Teófilo Braga publica Sistema de Sociologia

Gomes Leal publica Anticristo

Início da Conferência de Berlim

Legalização dos sindicatos, em França

Engels publica Der Ursprung der Familie, des Privateigentums und des Staats (A Origem da Família, da Propriedade e do Estado)

Rodin expõe Les Bourgeois de Calais (Os Burgueses de Calais)

Twain publica Adventures of Huckleberry Finn (As Aventuras de Huckleberry Finn)

Massenet estreia Manon

O bridge é jogado pela primeira vez, em Londres

1885

Fevereiro - Aprovada a sua contratação para a secção zoológica do Museu de Lisboa, com a incumbência de organizar as coleções malacológica e conquiológica. A nomeação tem efeitos a partir de 1 de março

27 abril - Casamento por procuração com Adelina da Costa

Dezembro - Arruda Furtado elabora um detalhado Programa de explorações malacológicas nos mares dos Açores, no contexto de uma programada expedição científica ao arquipélago da iniciativa da Sociedade de Geografia.

1.ª campanha oceanográfica do Príncipe Albert do Mónaco na região dos Açores

Ato adicional à Carta Constitucional, com reformas de sentido liberal

Primeiros carros elétricos no Porto

Construção do Parque Eduardo VII

Columbano pinta O Grupo do Leão

Junqueiro publica A Velhice do Padre Eterno

Criação do Estado do Congo, propriedade colonial de Leopoldo ii da Bélgica

Marx publica o 2º volume de Das Kapital (O Capital)

Pasteur prepara a vacina contra a cólera e descobre a cura da raiva

Daimler inventa o motor de combustão interna

Benz constrói o primeiro motor de automóvel com um só cilindro

Sullivan e Gilbert estreiam Mikado

Zola publica Germinal

1886

Publicação dos artigos “Sobre o lugar que devem ocupar nas respetivas famílias os moluscos nus” e “Sur la denomination de l’Helix torrefacta, Lowe, des Canaries” no Jornal de Sciencias Mathematicas, Physicas e Naturaes.

17 julho - Nascimento do filho, Carlos de Arruda Furtado.

Heinrich Simroth, zoólogo alemão, esteve dois meses nos Açores, a estudar a fauna local, em missão do Museu de Berlim. No regresso, visita o museu de Lisboa e aí conhece Arruda Furtado, com quem troca impressões sobre malacologia, a sua especialidade. Um desenho no espólio de Furtado documenta este encontro

Publicação do “Catálogo geral das coleções de moluscos e conchas da secção zoológica do Museu de Lisboa” no Jornal de Sciencias Mathematicas, Physicas e Naturaes

Publicação de “Coquilles terrestres et fluviatiles de l’exploration africaine de MM. Capello e Ivens (1884-1885)” no Journal de Conchyliologie, de Paris

Publicação de “Notas psicológicas e etnológicas sobre o povo português. I Nomes vulgares de peixes” no Jornal de Sciencias Mathematicas, Physicas e Naturaes

 

Criado o ‘Mapa Cor-de-rosa’, na sequência das expedições portuguesas em África – sem reconhecimento internacional

Inauguração da ponte D. Luís no Porto

O Teatro de S. Carlos passa a ser iluminado a eletricidade

Antero de Quental publica Sonetos

Conde de Ficalho publica Garcia de Orta e o seu Tempo

Greves na Bélgica, Alemanha, Inglaterra e Estados Unidos

Acordo Luso-Alemão sobre as fronteiras de Angola e do Sudoeste Africano

Inauguração da linha Sud Express, Lisboa-Paris

Moissan isola o flúor

Hertz descobre as ondas eletromagnéticas

Stevenson publica The Strange Case of Dr. Jekyll and Mr. Hyde ( O Médico e o Monstro )

Última exposição impressionista

Jean Moréas publica o manifesto do Simbolismo

1887

Publicação do estudo “Sur une nouvelle espèce de Céphalopode appartenant au genre Ommastostrephes” nas Memórias da Academia Real das Sciencias de Lisboa

21 junho - Arruda Furtado sucumbe a doença pulmonar grave.

Théodore Barrois, naturalista francês de Lille, esteve em várias ilhas dos Açores e demorou-se em S. Miguel, onde estudou a fauna lacustre e carcinológica

2.ª campanha oceanográfica do Príncipe Albert do Mónaco na região dos Açores

Primeiro Tratado Luso – Chinês sobre Macau

Surge no Porto o jornal anarquista A Revolução Social

Soares dos Reis expõe Busto de uma inglesa

Eça de Queirós publica A Relíquia

Publicação de O Livro de Cesário Verde

Antero de Quental publica n’ A Província, do Porto, cinco artigos que constituirão A Filosofia Natural dos Naturalistas

Gomes Teixeira publica Curso de Análise Infinitesimal

Hertz produz ondas de rádio

Laval constrói uma turbina

Kipling publica Simples Contos das Colinas

Renoir pinta As Grandes Banhistas

Verdi estreia Otelo

Zamenhof cria o esperanto

1888

Publicação póstuma no Journal de Conchyliologie do artigo “Sur le Bulimus exaratus, Müller”

A revista assinala e lamenta o falecimento de Arruda Furtado

   

 

BIOGRAFIA
Cronologia